Antioxidantes em cápsulas podem prejudicar mais do que ajudar

Gente, quero fazer um alerta para vocês sobre pílulas da beleza, geralmente cápsulas com diversas vitaminas como licopeno, zinco, vitamina A, Selênio, Vitamina C, Luteína, Resveratrol e por aí vai. Estudos mostram que a suplementação com essas vitaminas ajudam no combate os radicais livres e retardam o processo de envelhecimento, além de melhorar a imunidade. Além disso, melhoram o viço da pele, ajudam a clarear manchas e a manter a pele mais hidratada. Mas nem tudo são flores. Eu explico.

antioxidantes

Na última Reunião Anual dos Dermatologistas do Estado de São Paulo (Radesp) 2016 mostraram que o excesso de antioxidante é prejudicial a saúde porque nosso corpo possui um sistema antioxidante natural. Sobrecarregar nosso corpo com pílulas pode inibir este sistema e o resultado disso? Ainda não sabemos ao certo, mas um estudo publicado mostrou aumento da incidência de metástases de melanoma em pacientes que usavam muitos antioxidantes. Em outras palavras, piora no tratamento do câncer.

Gente, tudo em excesso faz mal. O ideal é pedir ajuda ao seu dermatologista para escolher uma cápsula de acordo com seu estilo de vida, seu tipo de pele e suas necessidades. E o mais importante: se alimentar bem com frutas e verduras, que são fontes ricas e saudáveis de antioxidantes. Na lista de alimentos que possuem propriedades antioxidantes naturais estão o azeite de oliva, óleo de gergelim, semente de girassol e suco de uva integral.

comments

Postagens Relacionados

;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *