Como identificar pintas suspeitas e prevenir um câncer de pele

Oi pessoal, hoje vim aqui falar sobre um assunto muito sério. É verdade que algumas pintas embelezam o corpo, não é? Elas dão uma característica exclusivíssima para quem tem. Celebridades como Angelina Jolie, Deborah Secco, Eva Mendes, Natalie Portman e a apresentadora Angélica assumem a “pintinha” e fazem o maior sucesso. Mesmo sendo um charme, é preciso observar as pintas no corpo, pois elas também podem indicar um câncer de pele.

câncer de pele

Quem aí já parou pra analisar toda a sua pele e reparar pinta por pinta? Heim? A atitude de prestar atenção no corpo é simples, e pode ser um aliado na prevenção porque o câncer diagnosticado no início tem 100% de chances de ser curado.

Quando uma pinta pode indicar um câncer?

Bom, a maioria das pintas é inofensiva, mas quando nossas pintas aumentam de tamanho ou quando elas ficam inflamadas, sangram, coçam ou formam casquinha pode sinalizar propensão ao câncer de pele.

Se você tem uma pinta e tem dúvidas existe uma regra que chama A, B, C e D. Se preencher as regras abaixa existem sim a chance de ser câncer. Aprenda a fazer o teste:

1 – “A” significa assimetria (pinta diferente de um lado e do outro).
2 – “B” significa borda (se as bordas não são redondinhas.. são irregulares é uma pinta suspeita).
3 – “C” significa cor (se tem mais de duas cores dentro dela é suspeita).
4 – “D” significa diâmetro (se ela é maior do que 0,6 cm ela é suspeita).

Outros fatores que influenciam o câncer de pele

Gente, o histórico familiar de câncer de pele e a exposição exagerada no sol sem proteção (principalmente, pessoas com 70 anos) podem influenciar no câncer de pele. Usem filtro solar três vezes ao dia e tornem-se detetives do próprio corpo. O autoexame deve ser feito a cada seis meses e ao menor sinal de suspeita procure um dermatologista, combinado?

VEJA MAIS POSTS QUE VOCÊ PODE GOSTAR:

_ Veja os fatores de risco para câncer de pele que você ainda ignora

_ Fã alerta atleta olímpico australiano sobre câncer de pele

Beijos,

Dra. Cintia Cunha

comments

Postagens Relacionados

;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *