Dicas e cuidados para uma amamentação de sucesso

Olá pessoal!! Hoje vamos dar dicas para uma amamentação de sucesso. Como vocês já devem saber, eu me tornei mamãe recentemente. Estou amando essa fase e amamentar se tornou meu hobby preferido. Mas confesso que nem sempre é fácil viu… Tenho recebido tantas dúvidas de vocês que resolvi convidar uma especialista no assunto para esclarecer as principais delas. Confiram o texto preparado especialmente para o blog pela Wanessa Sales, consultora materna da Engravidei.

Amamentação de sucesso
Wanessa Sales – Consultora Materna

 

Todos os sentimentos envolvidos entre uma mãe e seu filho são elos de cuidado, amor e proteção. Durante a gravidez o instinto protetor já pode ser sentido de forma intensa, revelando outro ciclo fundamental que se inicia na vida de uma mulher. Amamentar é o melhor que você pode fazer para seu bebê. Mas a amamentação muitas vezes não é um processo fácil, grande parte dos bebês não nascem sabendo mamar. É super importante que durante a gestação a mulher se prepare para este momento.

 

Como se preparar?

– Lendo fontes seguras, buscando informações de profissionais que realmente entendam do assunto.

– Façam cursos, levem o futuro papai com vocês, incentive-o, é muito importante o apoio do companheiro no processo de amamentação.

– Após o nascimento do bebê, se vocês sentirem inseguras, com dúvidas, a mama está empedrada? O mamilo está com fissuras? Procure o banco de leite, ou uma consultora em aleitamento materno que realmente entenda do assunto. Com técnicas e conhecimentos adequados sobre o que fazer e como fazer é possível até, por exemplo, prevenir uma mastite.

 

Como é a pega correta do bebê na mama?

– O corpo do bebê deve estar totalmente virado para mãe (barriga com barriga).

– Espere o bebê abrir bem a boca como se fosse bocejar.

– A boca deve abocanhar a maior parte da aréola, e não só o bico.

– O lábio inferior fica virado para fora.

– As bochechas devem ficar arredondadas (nunca encovadas). O bebê faz um movimento de ordenha e toda a musculatura da face se movimenta.

Alguns bebês são mais preguiçosos no início e às vezes precisamos acordá-los, tirar a roupinha, mexer no pezinho para que ele não durma e continue sugando.

Dicas de amamentação
Posição correta: barriga com barriga

 

O leite materno aparece no primeiro dia?

Não, o primeiro “leite” liberado, na verdade é o colostro, ele é rico em defesas imunológicas para o bebê. O leite mesmo, vem de 3 a 7 dias, depende muito de mulher para mulher. A mãe pode ter febre, calafrios, as mamas podem inchar muito, o bico do seio fica mais sensível. O mais importante nessa hora é colocar o bebê para sugar muito. Isso faz com que não ocorra o ingurgitamento mamário que é quando o leite “empedra”. Quando o bebê suga, ele regula a produção e esvazia as mamas, evitando uma possível mastite.

 

O que faz aumentar a produção de leite?

A produção de leite é aumentada pelo estímulo de sucção do bebê e pela quantidade de líquido ingerida. Não adianta simpatia, cerveja preta, canjica etc. O que funciona para a produção de leite é o bebê sugar e você  ingerir muito líquido! Então tome muita água, sucos (de preferência sem açúcar) e coloque o bebê para mamar. Os recém nascidos não precisam de mais nada além do leite materno até os 6 meses de vida.

Não espere que seu peito irá ficar cheio o tempo inteiro, depois de regulada a produção de leite, o peito pode não ficar com a aparência de cheio, mas tem leite sim. Chega um momento que pensamos, mas o peito não enche mais? Na verdade, ele tem leite, e a maior parte do leite é produzida enquanto o bebê suga, então não se preocupe.

E dormir também é importante nesse processo. Descansar é preciso sim! Esqueça a casa, a roupa para lavar… Pense assim: se o bebê dorme, você dorme, se ele acorda, você acorda. Aproveite para dormir 15 minutinhos que seja. Quando dormimos liberamos mais prolactina que é o hormônio responsável pela produção de leite, logo isso auxilia muito. Procure amamentar em um lugar onde você esteja confortável e tranquila.

 

Amamentar emagrece?

Amamentar ajuda a voltar mais rapidamente ao peso de antes da gravidez. Um dos objetivos do ganho de peso na gestação é que o corpo tenha reservas para produzir leite. A mãe que amamenta, está com o metabolismo mais acelerado pois, gasta muita energia para produzir leite. Logo amamentar te ajuda a emagrecer.

 

Sinais de que seu leite é suficiente para amamentar o bebê:

– A mãe observa que sua mama fica mais leve e vazia após a mamada.

– O bebê urina frequentemente, com fraldas cheias, de seis a oito vezes ao dia.

– As fezes de um bebê amamentado são líquidas, amareladas ou esverdeadas, com grumos “pequenas bolinhas” e frequência de várias vezes ao dia.

– O bebê ganha peso adequadamente quando avaliado nas consultas com o pediatra.

As crianças que recebem o leite materno como alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida permanecem mais resistentes a infecções, alergias e até mesmo desconfortos mais simples como cólicas. Além de todos os benefícios de amor e proteção ao bebê, a amamentação diminui os riscos da mulher desenvolver anemia, osteoporose, doenças cardíacas, câncer de mama e de ovário, depressão e hemorragia pós-parto.
Wanessa Sales
Enfermeira materno-infantil, consultora em aleitamento materno e uma das fundadoras da empresa Engravidei consultoria materna.

Logo Engravidei

 

Instagram: @engravidei
Facebook: engravidei.net
Site: www.engravidei.net

 

 

 

VEJA O VÍDEO SOBRE O TEMA:
MATERNIDADE x VIDA PROFISSIONAL: COMO CONCILIAR?

 

VEJA MAIS POSTS QUE VOCÊ PODE GOSTAR:

Beleza na gravidez! Os tratamentos estéticos e cremes para gestantes.

Fatores que causam estrias na gravidez.

O que tenho feito para definir os cachos na gravidez.

comments

Postagens Relacionados

;