Micoses

Tratamentos

As micoses são infecções bastante comuns e às vezes podem ser de difícil cura. São doenças que podem ser causadas por fungos, microrganismos adaptados a locais quentes e úmidos. 

As micoses podem se desenvolver nas unhas, na pele, no couro cabeludo e até mesmo nos pés. Os pés podem ser um ambiente propício para o desenvolvimento das micoses, pois geralmente estão fechados, úmidos e abafados.

A micose que compromete os pés pode ocasionar apenas descamação, ressecamento, sem inflamação em toda a planta. Na região dos pés, o denominado “pé de atleta” é o tipo micose mais comum. É uma área muito seca justamente por ser causada por um fungo bem adaptado à pele humana.

Frieiras

Outra doença que pode ser considerada a vilã dos pés é a frieira. Ela pode provocar umidade, amolecimento e avermelhamento entre os dedos. A freira geralmente ocorre devido a uma mistura de bactérias e fungos.

A micose de unha, denominada onicomicose, pode ser fácil de se identificar. A unha escama e fica com uma coloração escura produzindo um odor muito forte, podendo inclusive ocorrer o seu descolamento. Costuma ser mais freqüente nos adultos e idosos. Pode acometer mais os dedos dos pés, mas pode também ocorrer nas mãos.

O tratamento é geralmente demorado e necessita de um bom medicamento, da colaboração ativa e persistente do paciente. O tratamento pode ser feito com comprimidos decompostos antimicóticos ou antifúngicos, e/ou mediante aplicação de um esmalte com composto antifúngico. 

As micoses em geral são contagiosas. 

Avalie junto a sua dermatologista o tratamento adequado para cuidar de você. Mais informações pelo telefone 34 3236-0500.

Aviso Legal

Todo o conteúdo do site é estritamente informativo e nada substitui a consulta feita pelo médico dermatologista. Os resultados podem variar de acordo com cada tipo de pele e características individuais e específicas de cada um. As fotos são meramente ilustrativas e não expõe o paciente em real situação de tratamento.

Conheça um pouco mais

08/07/2016
Assista ao vídeo: micose

X